Webmail CUT

Acesse seu Webmail CUT


Login CUT

Acesse a CUT

Esqueceu a senha?

Servidores municipais de Salvador protestam contra reajuste zero

Em frente à Câmara Municipal, eles denunciaram o congelamento de salários desde 2014.

Escrito por: Fetrameb • Publicado em: 18/06/2018 - 15:22 • Última modificação: 19/06/2018 - 12:49 Escrito por: Fetrameb Publicado em: 18/06/2018 - 15:22 Última modificação: 19/06/2018 - 12:49

. Ato integrou o programa de ações da Campanha Salarial 2018 dos Servidores Municipais

O secretário-geral da Federação dos Trabalhadores Públicos Municipais do Estado da Bahia (Fetrameb), Ednaldo Silva, juntamente com o secretário-geral da Associação dos Agentes Comunitários de Saúde e Endemias de Salvador, Cleber Mascarenhas Bispo, participaram de ato da Campanha Salarial 2018 dos Servidores Públicos Municipais, nesta quarta (13), em frente a Câmara Municipal.

De acordo com Ednaldo Silva, a Prefeitura de Salvador mantém reajuste zero para os servidores, que estão com os salários congelados desde 2014 e sem mudança de nível há quase dois anos.

"Não houve mudança de competência e o Plano de Cargos e Vencimentos está ultrapassado. Venceu em maio de 2016 e não houve as devidas adequações necessárias. Nunca ocorreu mudança de nível e competência por titulação", denuncia o secretário-geral da Fetrameb.

Título: Servidores municipais de Salvador protestam contra reajuste zero, Conteúdo: O secretário-geral da Federação dos Trabalhadores Públicos Municipais do Estado da Bahia (Fetrameb), Ednaldo Silva, juntamente com o secretário-geral da Associação dos Agentes Comunitários de Saúde e Endemias de Salvador, Cleber Mascarenhas Bispo, participaram de ato da Campanha Salarial 2018 dos Servidores Públicos Municipais, nesta quarta (13), em frente a Câmara Municipal. De acordo com Ednaldo Silva, a Prefeitura de Salvador mantém reajuste zero para os servidores, que estão com os salários congelados desde 2014 e sem mudança de nível há quase dois anos. Não houve mudança de competência e o Plano de Cargos e Vencimentos está ultrapassado. Venceu em maio de 2016 e não houve as devidas adequações necessárias. Nunca ocorreu mudança de nível e competência por titulação, denuncia o secretário-geral da Fetrameb.



Informativo CONFETAM

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.