Webmail CUT

Acesse seu Webmail CUT


Login CUT

Acesse a CUT

Esqueceu a senha?

Servidores de Horizonte entram em greve

Paralisação iniciou hoje e segue por tempo indeterminado.

Escrito por: Fetamce • Publicado em: 22/03/2016 - 21:59 • Última modificação: 24/03/2016 - 10:46 Escrito por: Fetamce Publicado em: 22/03/2016 - 21:59 Última modificação: 24/03/2016 - 10:46

. Trabalhadores de luto na luta

Os servidores públicos do município de Horizonte iniciaram greve nesta terça-feira, 22 de março, por tempo indeterminado, depois das negociações da campanha salarial 2016 entre prefeitura e o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Horizonte (SISPHO) chegarem a um impasse

O pleito laboral é 11,27% de reajuste salarial, percentual que corresponde ao Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) acumulado de 2015. Por sua vez, a gestão oferece somente 5% para os funcionários públicos. Somente os de professores estão fora da greve, pois já receberam aumento de 11,36%.

Em assembleia, os trabalhadores informam que não aceitam a proposta salarial apresentada pelo Executivo e deliberaram por paralisar completamente as atividades. De acordo com o SISPHO, em respeito à comunidade, os servidores irão garantir o percentual mínimo exigido por lei de funcionamento dos equipamentos públicos.

''Somos pais e mães de família e merecemos um reajuste digno. Não é de nenhum agrado dessas categorias permanecerem em greve, acreditamos que em breve estaremos voltando com nossas atividades para melhor atender a população Horizontina. Com isso, pedimos nesse momento apoio e compreensão de todos!'', diz a presidente do sindicato, Valdenia Costa.

Greve inicia com passeata

Ao som de “servidor na rua, prefeito a culpa é sua”, os trabalhadores percorreram as principais ruas da cidade, saindo da prefeitura e passando por secretarias municipais e outras prédios públicos.

Além de reajuste, os servidores técnicos administrativos em greve buscam o cumprimento do Plano de Cargos, Carreiras e Remunerações (PCCR) e execução da data-base.

Título: Servidores de Horizonte entram em greve, Conteúdo: Os servidores públicos do município de Horizonte iniciaram greve nesta terça-feira, 22 de março, por tempo indeterminado, depois das negociações da campanha salarial 2016 entre prefeitura e o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Horizonte (SISPHO) chegarem a um impasse O pleito laboral é 11,27% de reajuste salarial, percentual que corresponde ao Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) acumulado de 2015. Por sua vez, a gestão oferece somente 5% para os funcionários públicos. Somente os de professores estão fora da greve, pois já receberam aumento de 11,36%. Em assembleia, os trabalhadores informam que não aceitam a proposta salarial apresentada pelo Executivo e deliberaram por paralisar completamente as atividades. De acordo com o SISPHO, em respeito à comunidade, os servidores irão garantir o percentual mínimo exigido por lei de funcionamento dos equipamentos públicos. Somos pais e mães de família e merecemos um reajuste digno. Não é de nenhum agrado dessas categorias permanecerem em greve, acreditamos que em breve estaremos voltando com nossas atividades para melhor atender a população Horizontina. Com isso, pedimos nesse momento apoio e compreensão de todos!, diz a presidente do sindicato, Valdenia Costa. Greve inicia com passeata Ao som de “servidor na rua, prefeito a culpa é sua”, os trabalhadores percorreram as principais ruas da cidade, saindo da prefeitura e passando por secretarias municipais e outras prédios públicos. Além de reajuste, os servidores técnicos administrativos em greve buscam o cumprimento do Plano de Cargos, Carreiras e Remunerações (PCCR) e execução da data-base.



Informativo CONFETAM

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.