Webmail CUT

Acesse seu Webmail CUT


Login CUT

Acesse a CUT

Esqueceu a senha?

Prefeitura de Crateús diz que professores de nível superior não terão reajuste salarial

Em resposta, os profissionais devem entrar em greve a partir de segunda-feira, 28 de março.

Escrito por: Fetamce • Publicado em: 23/03/2016 - 23:35 • Última modificação: 26/03/2016 - 12:06 Escrito por: Fetamce Publicado em: 23/03/2016 - 23:35 Última modificação: 26/03/2016 - 12:06

. .

Em reunião realiza nesta segunda-feira (21), após 51 dias de recebimento da Pauta de Reivindicações da Campanha Salarial do Magistério Municipal, a Prefeitura de Crateús, representada pelo Secretário de Educação, Valdenir Rabelo, disse que os professores de nível superior da cidade não terão reajuste este ano. Receberão aumento somente os profissionais com nível médio de formação, haja vista que a gestão é obrigada a atualizar o piso.

Sendo assim, todos os educadores com nível superior ou pós-graduação sofrerão achatamento salarial, haja vista que a remuneração dos mesmos já está sendo engolida pela inflação. A direção do Sindicato dos Professores avalia a proposta como um insulto à categoria, uma vez que a ausência de aumento reduz de 17% para 5,64% a diferença salarial entre os professores com formação em nível médio para os professores com formação em nível superior.

Além disso, o atual Plano Municipal de Educação, aprovado em junho do ano passado, garante um escalonamento para a recuperação das perdas salariais dos professores com formação em nível superior, de modo que, a partir de 2016 estes profissionais teriam que ter o ajuste do Piso Salarial Nacional mais 2%, até 2019, com o objetivo dessa diferença chegar a 25%, de acordo com o Plano de Cargos e Carreira do Magistério.

“Total desrespeito aos profissionais do magistério e às leis, leis que eles mesmo criam para não serem cumpridas. Porém, contamos com a força da luta organizada para fazer os direitos dos trabalhadores. Acreditamos que um mais um, será sempre mais que dois”, diz Socorro Pires, presidente do Sindicato dos Professores Municipais de Crateús.

Greve

Diante do impasse e da negativa de crescimento na remuneração de grande parte dos professores, o sindicato convocou assembleia extraordinária ainda na noite de ontem. Na oportunidade, os educadores municipais de Crateús decidiram deflagrar greve para a partir de segunda-feira, 28 de março. Até lá, a categoria aguarda um último posicionamento do município.

Título: Prefeitura de Crateús diz que professores de nível superior não terão reajuste salarial, Conteúdo: Em reunião realiza nesta segunda-feira (21), após 51 dias de recebimento da Pauta de Reivindicações da Campanha Salarial do Magistério Municipal, a Prefeitura de Crateús, representada pelo Secretário de Educação, Valdenir Rabelo, disse que os professores de nível superior da cidade não terão reajuste este ano. Receberão aumento somente os profissionais com nível médio de formação, haja vista que a gestão é obrigada a atualizar o piso. Sendo assim, todos os educadores com nível superior ou pós-graduação sofrerão achatamento salarial, haja vista que a remuneração dos mesmos já está sendo engolida pela inflação. A direção do Sindicato dos Professores avalia a proposta como um insulto à categoria, uma vez que a ausência de aumento reduz de 17% para 5,64% a diferença salarial entre os professores com formação em nível médio para os professores com formação em nível superior. Além disso, o atual Plano Municipal de Educação, aprovado em junho do ano passado, garante um escalonamento para a recuperação das perdas salariais dos professores com formação em nível superior, de modo que, a partir de 2016 estes profissionais teriam que ter o ajuste do Piso Salarial Nacional mais 2%, até 2019, com o objetivo dessa diferença chegar a 25%, de acordo com o Plano de Cargos e Carreira do Magistério. “Total desrespeito aos profissionais do magistério e às leis, leis que eles mesmo criam para não serem cumpridas. Porém, contamos com a força da luta organizada para fazer os direitos dos trabalhadores. Acreditamos que um mais um, será sempre mais que dois”, diz Socorro Pires, presidente do Sindicato dos Professores Municipais de Crateús. Greve Diante do impasse e da negativa de crescimento na remuneração de grande parte dos professores, o sindicato convocou assembleia extraordinária ainda na noite de ontem. Na oportunidade, os educadores municipais de Crateús decidiram deflagrar greve para a partir de segunda-feira, 28 de março. Até lá, a categoria aguarda um último posicionamento do município.



Informativo CONFETAM

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.