Webmail CUT

Acesse seu Webmail CUT


Login CUT

Acesse a CUT

Esqueceu a senha?

Ganhamos!

Ganhou o povo o direito a consolidar os direitos conquistados e a avançar mais.

Escrito por: • Publicado em: 28/10/2014 - 00:00 Escrito por: Publicado em: 28/10/2014 - 00:00

Ganhou Dilma, que soube estar à altura dos desafios, em todas as circunstâncias.
Ganhou o povo, ganhou o direito a consolidar os direitos conquistados e a avançar mais.
Ganhou a esquerda, num segundo turno de clara contraposição entre direita e esquerda, derrotando mais uma vez a direita e todos os seus agentes – da mídia aos especuladores financeiros.
Ganhou a militância, que saiu às ruas, para desmentir que não existe mais, para fazer o maior ciclo de mobilizações populares que tínhamos conhecido em muito tempo e foi decisiva na vitória.
Ganhou o Lula, reafirmou sua condição de maior líder politico que o Brasil tem.
Ganhou a Dilma, que soube estar à altura dos desafios, em todas as circunstâncias e certamente fortaleceu suas condições de estadista para o novo – duro e determinante – mandato.
Ganhou o povo, que tem a continuidade de um governo que sabe defender seus interesses, mesmo em meio à recessão mundial e à sabotagem do grande empresariado.
Ganhou a mídia alternativa que, mesmo em combate brutalmente desigual, soube manter sua guerrilha, seu combate pela verdade e pelas ideias corretas.
Ganhou a America Latina, que continuará a ter no Brasil um grande aliado.
Ganhou o Sul do mundo, que poderá avançar nos acordos e nas conquistas dos Brics para a construção de mundo multipolar.
Ganhou o Brasil, que segue sua luta para se tornar um país justo, solidário e soberano.
Ganhamos o direito de seguir lutando para avançar.

Título: Ganhamos!, Conteúdo: Ganhou Dilma, que soube estar à altura dos desafios, em todas as circunstâncias. Ganhou o povo, ganhou o direito a consolidar os direitos conquistados e a avançar mais. Ganhou a esquerda, num segundo turno de clara contraposição entre direita e esquerda, derrotando mais uma vez a direita e todos os seus agentes – da mídia aos especuladores financeiros. Ganhou a militância, que saiu às ruas, para desmentir que não existe mais, para fazer o maior ciclo de mobilizações populares que tínhamos conhecido em muito tempo e foi decisiva na vitória. Ganhou o Lula, reafirmou sua condição de maior líder politico que o Brasil tem. Ganhou a Dilma, que soube estar à altura dos desafios, em todas as circunstâncias e certamente fortaleceu suas condições de estadista para o novo – duro e determinante – mandato. Ganhou o povo, que tem a continuidade de um governo que sabe defender seus interesses, mesmo em meio à recessão mundial e à sabotagem do grande empresariado. Ganhou a mídia alternativa que, mesmo em combate brutalmente desigual, soube manter sua guerrilha, seu combate pela verdade e pelas ideias corretas. Ganhou a America Latina, que continuará a ter no Brasil um grande aliado. Ganhou o Sul do mundo, que poderá avançar nos acordos e nas conquistas dos Brics para a construção de mundo multipolar. Ganhou o Brasil, que segue sua luta para se tornar um país justo, solidário e soberano. Ganhamos o direito de seguir lutando para avançar.



Informativo CONFETAM

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.