Webmail CUT

Acesse seu Webmail CUT


Login CUT

Acesse a CUT

Esqueceu a senha?

FETAM-MS delibera apoio à candidatura de Fernando Haddad em encontro de formação

Sindicalistas do serviço público municipal debateram formação política e as eleições 2018.

Escrito por: Sérgio Souza Júnior CUT/MS com informações CUT nacional • Publicado em: 14/09/2018 - 11:58 • Última modificação: 14/09/2018 - 12:21 Escrito por: Sérgio Souza Júnior CUT/MS com informações CUT nacional Publicado em: 14/09/2018 - 11:58 Última modificação: 14/09/2018 - 12:21

. .

Foi realizado em Campo Grande, na última quarta-feira (12), o Encontro Estadual dos Dirigentes Sindicais do Serviço Público Municipal, organizado pela FETAM-MS, filiada à CUT.

No período da manhã, as lideranças sindicais debateram o tema, análise de conjuntura e unidade do movimento sindical, após exposição apresentada por Jeová Simôes, advogado, educador popular representante da ECO-CUT (Escola de Formação Sindical da CUT Centro Oeste).  

Já no período do final da manhã e início da tarde, os sindicalistas discutiram as eleições 2018.

Conforme Dilma Gomes, Presidenta da FETAM-MS (Federação Sindical dos Trabalhadores e Trabalhadoras no Serviço Público Municipal do Mato Grosso do Sul), “o encontro foi muito importante para a formação de dirigentes sindicais, discutimos pautas importantes como os processos de negociação com gestores das prefeituras, entre outros temas”.

“Nós do serviço público municipal temos percebido cada vez mais no contato com os gestores, problemas relacionados ao assédio moral, além de enfrentar grandes dificuldades com a recomposição salarial dos servidores, o nosso encontro pôde demonstrar a união de nossos sindicatos, percebendo assim o diferencial de nossas pautas, enquanto CUT, CONFETAM e FETAM-MS”, disse Dilma, diretora da Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal (Confetam/CUT). 

Foi apresentada no encontro a plataforma da classe trabalhadora, conforme o site nacional da central, neste documento “a CUT assume o protagonismo no enfrentamento dos grandes temas nacionais, em especial no que se refere aos direitos da classe trabalhadora, reafirmando-se como o principal instrumento de luta dos trabalhadores e das trabalhadoras do País”.

Também foi apresentada a Plataforma das Mulheres da CUT para as eleições, que “é um conjunto de propostas construídas a partir do debate coletivo das dirigentes sindicais – uma parceria entre a Secretaria Nacional de Mulheres da CUT e a Fundação Friedrich Ebert, em junho de 2018”.

Dilma Gomes, que também é Secretária Geral da CUT-MS, destacou que “é necessário derrotar políticas impostas no governo Temer, tais como EC 95 que congela investimentos nas áreas de saúde, educação e segurança, a terceirização sem limites, entre outras medidas que afetam diretamente servidores públicos municipais”, afirmou Dilma.

Neste sentido, as lideranças sindicais então definiram pelo apoio às candidaturas de Fernando Haddad Presidente, Zeca Senador, Humberto Amaducci Governador do MS, Professor Jaime Teixeira Deputado Federal e Pedro Kemp Deputado Estadual, enquanto opção política para enfrentar o ataque aos direitos da classe trabalhadora, que vem sendo lesada após o golpe político que retirou Dilma Roussef da Presidência da República.

A direção da FETAM-MS agradece a todos os sindicatos e seus representantes, destacando a importância da formação política para dirigentes sindicais, tema que foi desenvolvido neste evento pela ECO-CUT-CO.

Título: FETAM-MS delibera apoio à candidatura de Fernando Haddad em encontro de formação, Conteúdo: Foi realizado em Campo Grande, na última quarta-feira (12), o Encontro Estadual dos Dirigentes Sindicais do Serviço Público Municipal, organizado pela FETAM-MS, filiada à CUT. No período da manhã, as lideranças sindicais debateram o tema, análise de conjuntura e unidade do movimento sindical, após exposição apresentada por Jeová Simôes, advogado, educador popular representante da ECO-CUT (Escola de Formação Sindical da CUT Centro Oeste).   Já no período do final da manhã e início da tarde, os sindicalistas discutiram as eleições 2018. Conforme Dilma Gomes, Presidenta da FETAM-MS (Federação Sindical dos Trabalhadores e Trabalhadoras no Serviço Público Municipal do Mato Grosso do Sul), “o encontro foi muito importante para a formação de dirigentes sindicais, discutimos pautas importantes como os processos de negociação com gestores das prefeituras, entre outros temas”. “Nós do serviço público municipal temos percebido cada vez mais no contato com os gestores, problemas relacionados ao assédio moral, além de enfrentar grandes dificuldades com a recomposição salarial dos servidores, o nosso encontro pôde demonstrar a união de nossos sindicatos, percebendo assim o diferencial de nossas pautas, enquanto CUT, CONFETAM e FETAM-MS”, disse Dilma, diretora da Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal (Confetam/CUT).  Foi apresentada no encontro a plataforma da classe trabalhadora, conforme o site nacional da central, neste documento “a CUT assume o protagonismo no enfrentamento dos grandes temas nacionais, em especial no que se refere aos direitos da classe trabalhadora, reafirmando-se como o principal instrumento de luta dos trabalhadores e das trabalhadoras do País”. Também foi apresentada a Plataforma das Mulheres da CUT para as eleições, que “é um conjunto de propostas construídas a partir do debate coletivo das dirigentes sindicais – uma parceria entre a Secretaria Nacional de Mulheres da CUT e a Fundação Friedrich Ebert, em junho de 2018”. Dilma Gomes, que também é Secretária Geral da CUT-MS, destacou que “é necessário derrotar políticas impostas no governo Temer, tais como EC 95 que congela investimentos nas áreas de saúde, educação e segurança, a terceirização sem limites, entre outras medidas que afetam diretamente servidores públicos municipais”, afirmou Dilma. Neste sentido, as lideranças sindicais então definiram pelo apoio às candidaturas de Fernando Haddad Presidente, Zeca Senador, Humberto Amaducci Governador do MS, Professor Jaime Teixeira Deputado Federal e Pedro Kemp Deputado Estadual, enquanto opção política para enfrentar o ataque aos direitos da classe trabalhadora, que vem sendo lesada após o golpe político que retirou Dilma Roussef da Presidência da República. A direção da FETAM-MS agradece a todos os sindicatos e seus representantes, destacando a importância da formação política para dirigentes sindicais, tema que foi desenvolvido neste evento pela ECO-CUT-CO.



Informativo CONFETAM

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.