Webmail CUT

Acesse seu Webmail CUT


Login CUT

Acesse a CUT

Esqueceu a senha?

Em Santa Cruz do Sul, servidores pressionam deputados contra reforma Administrativa

Servidores municipais, estaduais e federais protestaram na frente do escritório do deputado Marcelo Moraes (PTB/RS), um dos integrantes da Comissão Especial da PEC 32 na Câmara

Escrito por: CUT-RS • Publicado em: 01/09/2021 - 18:02 • Última modificação: 01/09/2021 - 18:29 Escrito por: CUT-RS Publicado em: 01/09/2021 - 18:02 Última modificação: 01/09/2021 - 18:29

CPERS SINDICATO .

A Frente dos Servidores Públicos (FSP-RS), integrada pela CUT-RS, realizou um protesto, na manhã desta quarta-feira (1º), em Santa Cruz do Sul, base eleitoral do deputado federal Marcelo Moraes (PTB), para pressioná-lo a votar contra a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) nº 32/2020, da reforma Administrativa do governo de Jair Bolsonaro (ex-PSL).

“Quem votar contra os serviços públicos não volta”, foi o recado de servidores municipais, estaduais e federais, durante o ato realizado na Praça Getúlio Vargas, em frente ao escritório político do parlamentar, que é um dos deputados gaúchos na Comissão Especial da PEC 32.

Foi a terceira manifestação promovida pelos servidores no interior do Rio Grande do Sul em redutos eleitorais de deputados da Comissão Especial que costumam votar a favor do governo no Congresso. A primeira ocorreu em Santa Rosa, base de Osmar Terra (MDB), e a segunda em Osório, base de Alceu Moreira (MDB)

A ação integra uma série de mobilizações para cutucar parlamentares a se posicionarem contra a proposta, que representa o fim dos serviços públicos e escancara as portas para a privatização, a corrupção e a precarização.

Confira aqui a íntegra da matéria.

Título: Em Santa Cruz do Sul, servidores pressionam deputados contra reforma Administrativa, Conteúdo: A Frente dos Servidores Públicos (FSP-RS), integrada pela CUT-RS, realizou um protesto, na manhã desta quarta-feira (1º), em Santa Cruz do Sul, base eleitoral do deputado federal Marcelo Moraes (PTB), para pressioná-lo a votar contra a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) nº 32/2020, da reforma Administrativa do governo de Jair Bolsonaro (ex-PSL). “Quem votar contra os serviços públicos não volta”, foi o recado de servidores municipais, estaduais e federais, durante o ato realizado na Praça Getúlio Vargas, em frente ao escritório político do parlamentar, que é um dos deputados gaúchos na Comissão Especial da PEC 32. Foi a terceira manifestação promovida pelos servidores no interior do Rio Grande do Sul em redutos eleitorais de deputados da Comissão Especial que costumam votar a favor do governo no Congresso. A primeira ocorreu em Santa Rosa, base de Osmar Terra (MDB), e a segunda em Osório, base de Alceu Moreira (MDB) A ação integra uma série de mobilizações para cutucar parlamentares a se posicionarem contra a proposta, que representa o fim dos serviços públicos e escancara as portas para a privatização, a corrupção e a precarização. Confira aqui a íntegra da matéria.



Informativo CONFETAM

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.