Webmail CUT

Acesse seu Webmail CUT


Login CUT

Acesse a CUT

Esqueceu a senha?

Acordo encerra a greve dos professores de Nova Fátima

Após reunião na Câmara de Vereadores, Sindicato e Prefeitura chegam a consenso e põem fim a paralisação que já durava 13 dias.

Escrito por: Fetrameb • Publicado em: 26/06/2018 - 14:11 • Última modificação: 26/06/2018 - 15:17 Escrito por: Fetrameb Publicado em: 26/06/2018 - 14:11 Última modificação: 26/06/2018 - 15:17

. Foi concedido reajuste de 6,81%, parcelado em três vezes (junho, agosto e novembro)

Reunidos na Câmara de Vereadores, a comissão de negóciaçao, os vereadores, o prefeito, seu corpo técnico e a Federação dos Servidores Municipais do Estado da Bahia (Fetrameb) discutiram e chegaram a um acordo de encerramento de greve, celebrado entre o sindicato dos servidores e a prefeitura de Nova Fátima. A paralisação já durava 13 dias.

Foi concedido reajuste de 6,81%, parcelado em três vezes (junho, agosto e novembro); o avanço horizontal no plano de cargos e salários, que representa um percentual de  5% (já oferecidos à categoria); abono dos dias parados, com reposição das aulas; e a criação de uma comissão técnica da prefeitura e do sindicato para análise das contas do município com o objetivo de reduzir as despesas com o pessoal. 

Durante o  movimento, a categoria contou com a solidariedade da população, da comunidade educacional e da Câmara de Vereadores, que apoiou com todos os seus nove integrantes.

Sem êxito, várias rodadas de negóciação foram feitas anteriormente. Mas nesta quinta-feira (21), com a presença do presidente da Fetrameb, Raimundo Calixto, as partes chegaram ao acordo, pondo fim ao movimento paredista.

Título: Acordo encerra a greve dos professores de Nova Fátima, Conteúdo: Reunidos na Câmara de Vereadores, a comissão de negóciaçao, os vereadores, o prefeito, seu corpo técnico e a Federação dos Servidores Municipais do Estado da Bahia (Fetrameb) discutiram e chegaram a um acordo de encerramento de greve, celebrado entre o sindicato dos servidores e a prefeitura de Nova Fátima. A paralisação já durava 13 dias. Foi concedido reajuste de 6,81%, parcelado em três vezes (junho, agosto e novembro); o avanço horizontal no plano de cargos e salários, que representa um percentual de  5% (já oferecidos à categoria); abono dos dias parados, com reposição das aulas; e a criação de uma comissão técnica da prefeitura e do sindicato para análise das contas do município com o objetivo de reduzir as despesas com o pessoal.  Durante o  movimento, a categoria contou com a solidariedade da população, da comunidade educacional e da Câmara de Vereadores, que apoiou com todos os seus nove integrantes. Sem êxito, várias rodadas de negóciação foram feitas anteriormente. Mas nesta quinta-feira (21), com a presença do presidente da Fetrameb, Raimundo Calixto, as partes chegaram ao acordo, pondo fim ao movimento paredista.



Informativo CONFETAM

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.